segunda-feira, 31 de dezembro de 2007

Último post de 2007

Resumidamente dizendo, esse ano foi um dos mais estranhos e importantes da minha vida. Aprendi a viver tão intensamente quanto nunca, em todos os sentidos. Várias coisas permanentes em minha vida ocorreram esse ano, tais como: me mudei pro COC, me assumi pros meus pais, fiz um muitos novos amigos dos quais eu nunca me esquecerei, voei de avião pela primeira vez, enfim, evoluí horrores esse ano! Mas ainda sim, o principal foram as pessoas; conhecí tanta gente tanta gente legal e que agora são muito importantes pra mim! Acho desnecessário citar nomes, eu simplesmente as adoro e fim.
É claro, não se esquecendo de todas as experiências "exóticas" que vivi, todos os shows, as viajens escondidas e não escondidas, os rolés, as crises, as leituras, hahaha, tudo, tudo, tudo... não me arrependo de nada do que fiz, e guardarei tudo pra sempre na memória, ou pelo menos tudo aquilo que o álcool permitir, né!

glittering~

segunda-feira, 17 de dezembro de 2007

"Filho" (entreaspas)

E pela primeira vez na vida meu conceito sobre o natal é alterado. Não sei se faz parte do meu amadurecimento, ou de sei lá oquê, mas antes me parecia algo tão familiar, tão carinhoso, tão... "especial", e agora não me passa de uma data hipócrita regida por emoções forçadas e estimuladas pelo comércio, em que as pessoas se esforçam ao máximo para compensarem toda a insensibilidade que tiveram ao longo de todo o ano em um único dia. Acho tão indigno que comprometam sentimentos tão intensos por causas tão egoístas, e o pior: nos enganando, fingindo estarem também enganados... e não que não estejam... mas enfim!

Não pretendo, apesar de tudo, fazer com que o dia 25 e dezembro me seja triste pelo simples fato de a ele ser atribuido todas as "qualidades" atribuidas ao conceito de "natal", e nem a encararei com indiferença; serei feliz... ou ao menos tentarei ser, como sempre! Acho que apesar de nem todo o mundo ser feliz, aqueles que de fato são deveriam contemplar tal condição como merecido, e não desperdiçar tempo vital com lamúrias inúteis pelos que não são! Se for pra sentir compaixão, que o faça EFETIVAMENTE, trabalhando para que a situação se reverta, caso contrário, qualquer demonstração de compaixão será inútil, e nada mais! E isso SEMPRE, em toda data, independente dos costumes do povo e das prioridades do comércio! :)

Ahhh amigos... de fato eu tenho amigos... e muitos! Sinto algo crescendo em meu peito, uma vontade de criar, de acontecer, de viver... e eu devo tudo, tudo MESMO a eles.

quinta-feira, 6 de dezembro de 2007

Verde vítreo

Não sinto-me saber se estou no caminho certo; faço de tudo que me aconcelham e desaconcelham fazer. É que oque há de ruim subtrai aquilo que há de bom e vice-versa? Não houveram prejuízos até agora... significativos; quero dizer: há a perda de memória, dinheiro e etc, porém, o ganho parece compensar, ah sim senhor! Parece MUITO compensar! Sinto-me mais EU, me olho no espelho e me vejo, e isso é algo que eu desconhecia até então.
E essa minha fase monossilábica auto-destrutiva que não cessa! Eu a matarei/mato aos poucos... eu a desgastarei, e quando sua presença se tornar já quase que imperceptível, já terei me tornado insensível a ela há tempos, tal como já não me lembrarei mais do nome da rua de casa.

E a tristeza não dá as cara aqui; sinto-me feliz e grato!

domingo, 25 de novembro de 2007

(...)

I should stop doing those many, many things...

domingo, 11 de novembro de 2007

Faz mal pra mim.

No sábado acordei cedo, fui pra escola e fiz o último simulado nacional do ano ( e ACHO que NÃO fui muito mal). Depois fui pra casa, tomei banho e fui pra casa da Juck, e de lá fomos de carona com a Ana Grande junto com a Jé até a "chácara do Dudu", onde foi realizado o Groselha Fuzz.

Ví a Mari Moon, que é bastante simpática, bebi pouquinho, dei aprontei com a Mariam, cuidei dela, fumei maconha de graça com as meninas (Ju, Jé, Ana grande e Mariam), conversamos muito, me diverti aleatoriamente com elas, tirei foto com o Daniel Peixoto, que por sinal é também bastante simpátio, ví os shows e foi enfim um dia delicioso!

No domingo acordei tarde, toquei violão, ajudei o meu irmão a estudar matemática e fomos, eu e ele, ao SÚ. Dancei MUITO na pump, tirei S em Starian, ví a Carla, a Lucy, o Danny e o Ayres, eu e meu irmão conseguimos pegar um bichinho numa máquina lá e depois viemos embora.

quarta-feira, 7 de novembro de 2007

Quando voa o côndor, o céu por detrás...

A vida é bela; o paraíso - um comprimido.

(Ou seja: nada de relevante a relatar sobre o dia de hoje! :p)

FELIZ!

terça-feira, 6 de novembro de 2007

Sausage filling

Hoje pretendo relatar sobre minhas ambições quanto ao meu futuro.

Vejamos... hum... ponho a questionar-me: O que queres quanto ao teu futuro? Conseqüentemente ponho-me a pensar e a pensar, e então eu penso, repenso, esqueço oque pensei, finjo que pensei, penso, penso de verdade, ou pelo menos prefiro acreditar que penso de verdade, questiono o pensar, desisto, penso de novo, e denovo, e denovo, e então, canso de pensar; não penso mais. Respiro, e por pura paciência (ou melhor: por puro orgulho), analizo cuidadosamente todos os meus pensamentos quanto a esta questão. Expressarei-os em tópicos por fins de organização:

-

Fim.

(Captaram? Sou um alguém que não tem a MÍNIMA noção quanto a oque deseja para seu futuro! OK, é evidente que não quero morrer cedo, que quero viver bem, estar sempre saudável, encontrar um companheiro pra vida toda, etc, mas estar coisas são básicas a todo ser humano, não é mesmo? Portanto, dispenso considerá-las.)

Le pourvenir c'est maintenat.

[Musiquinha indiana que eu encontrei no youtube. Achei super autêntica, sem falar que a cantora me lembra a mãe de um ex colega meu, uns 25 kg mais magra]




Que do nada esse clima de fim de ano, né?

sábado, 3 de novembro de 2007

Wo shi ni de



I'm nearly crying. Life's so carnal that it's getting into my veins, sneaking in through my sugarless blood, overfilling my pink and fragile lungs until it stretches a little bit and then loosens back, making my flash shiver and bleed beneth my skin, drowning myself into my own salive and making my eyeballs move fast on every possible direction. So alive!


[I'm so motherfuckingly glad!]

sexta-feira, 2 de novembro de 2007

Ladybugs having sex

O novo me veio com tudo novamente, porém desta vez teóricamente já tão envelhecido...
Mas talvez eu esteja mesmo errado; talvez o novo tenha de fato se renovado... de novo! Ou não...

domingo, 28 de outubro de 2007

27th ~ 28th







27th

Hoje fui no escoteiro com minha mãe, e tive uma atividade ótima, pois reví pessoas, rí, cantei, tirei fotos, brinquei com meu irmão, ajudei minha mãe... valeu a pena.

28th

Hoje saí com o Maurício. Fomos ao Morro do São Bento, a uma exposição de artes, em um mirante abandonado dentro da mata do São Bento, compramos Coca, andamos, compramos 2L de água, fomos no cemitério, choveu, esperamos a chuva passar sentados na porta de uma capelinha, conversamos muito, tomamos milkshake e ele foi embora. Fui dançar um pouco na pump, e então vim pra casa de ônibus...

terça-feira, 23 de outubro de 2007

Feto sabor framboesa

O tempo ficou tão frio derrepente. Tenho medo, sabe, do aquecimento global, essas coisas... Mas o medo não é o que me machuca, o que me machuca de verdade é a minha incapacidade de fazer algo. Queria me munir de uma metralhadora e sair dizimando quem eu acho que merece por aí: delícia (BIRNCADEIRA! Psicopata-mode/off)! Mas é sério, vejo minha cidade, onde sempre viví, se deteriorando aos poucos, e antes ela não se deteriorava assim, tão diante dos olhos. É tão mórbido... ou talves seja tudo fruto da minha imaginação, mesmo... enfim...

Outra coisa, sobre mim, como sempre: tantas questões afloram a cada instante... sinto medo; me distorço, me inverto, me converto, me transformo, me alterno, e com TANTA freqüência! Sinto-me perdido, sozinho; sinto-me meio que doente.
Por que as coisas tendem a parecer assim, tão abstratas ao meu ver? Há tanto em minha mente e eu não sei expressar fração alguma dela, e mesmo sabendo que é em vão, me questiono: sou eu o único assim? Meu Deus (ou vocativo indefinido qualquer)... acho que essa não é mesmo minha terra; tudo é tão estranho pra mim, não me adapto MESMO às coisas. A cada vez que me olho no espelho, vejo uma pessoa diferente. Devem me achar louco, não sei... não sei o que pensar de mim, sou louco mesmo, eu acho...

Tudo que eu queria... Ah! Ando muito indefinido, incalculável, imensurável, incompreendível... mas ainda sim tão orgânico, tão "EU".

Sinto tanta falta do meu lado humano... ou pelo contrário... aliás, não sei! Detesto não saber, o "não sei" já virou resultante clichê para a maioria das minhas questões.


"indifference is killing me"

segunda-feira, 22 de outubro de 2007

De la musique


Fiquei um tempinho sem postar, droga!

Nada demais aconteceu; meu pai voltou de São Paulo, fui na pump, reforcei amisades, me gravei tocando umas musicas e acho que melhorei muito... só isso.

Ah! Escrevi uma música:


E B Cm G Em D

My last good thoughts have all faded
since I first noticed your real being
and as you're not up to do a single thing
I'd better keep on blocking it

And now as I claim it out loud
I wish that you could just hear it
but since you'll never understand me
dunno, it's too much overstanding...

A Bb A Bb B

These things are meant to confuse us
for amuzing or growing us older,
but who's the responsible for that?
and... who cares if i'm there?

Oh, then it's seems there's no option
for my something, what should i ask for?
My something, i'd ask for an own soul...
Well, at least i think so!

A Bb A Bb B

And that's when the anger outwheights
all the pain i've stored here inside.
I'll hit a wine bottle on your head,
then you'll be drowned on your past.

Come on, I know it's not worthy.
Seeking for "that" must be worthy,
playing my guitar feels some worthy,
living's surely worthy...

i didn't like it at all...

sexta-feira, 19 de outubro de 2007

Carpete cinza de carro

Acordei mal, não comprei meu tênis com meu pai porque fiquei dormindo no carro, só fiz graça na escola, tirei 0 em filosofia, queimei e desintegrei um bonequinho do meu irmão com a permissão dele, é claro, e tô com dor de cabeça.
Meu pai vai viajar e eu queria sair e aproveitar muito esse fim de semana, mas não tenho nada nada nada em mente. Eu teria o Halloween otaku pra ir. Eu poderia ter pago hoje, mas eu não fui porque eu teria que ter roubado dinheiro do cofre pro dinheiro da viajem do fim do ano e eu tive preguiça de fazer isso... e eu chegaria lá e sei lá... seria estranho, ia ter muita gente que eu não conheço.

Acho que quero fazer química mesmo, e os professores incentivam tanto... hoje tava tendo aula sobre logarítimos e eu tava dormindo é claro, daí foi o professor começar a dar exemplos misturando química no meio que eu já acordei e entendi logarítimos de uma vez só. Acho que é o destino, sei lá... talvez seja minha vocação mesmo.



Ahhh, a fumaça que eu respirei hoje queimando o bunequinho tá me embrulhando o estômago, agora... droga.


Bom, vou ver se consigo algum dinheiro com meu pai pra comprar um tênis novo e depois eu ligo pra Lari pra ver se agente faz algo...

E o tempo tá tão gostoso! Se eu passar o fim de semana em casa, eu morro!

quarta-feira, 17 de outubro de 2007

I tyuhuuu

Tô felizinho.

Hoje na aula de inglês eu superparticipei, depois um amigo meu lá do COC que é gay e que só conversava comigo por msn conversou comigo pessoalmente pela primeira vez; ele é bem legal, mas é só amigo mesmo.

Finalmenteee comprei o bendito dado de aniversário da Thais, e ela gostou.
Já fiz toda minha parte no seminário de matemática, e fui bem na P3 e no simulado; me surpreendi! Achei que tinha ido mal...

Meu cabelo tá tão grande... às vezes penso que estou parecendo uma louca ( -rs), e outras que tá bonitinho, mas uma coisa é fato: não tô acostumado com cabelo tão comprido assim atrás; me encomoda muito!

terça-feira, 16 de outubro de 2007

Óh... quanta dúvida quanto a mim mesmo! É tanta que às vezes penso que me sufoca. Mas há algo de novo a se considerar: me sinto inspirado, e de uma forma nova. Quero voar, nadar, tocar, cantar, amar, criar; viver!

Ando sonhando tanto, toda noite, e me lembrando dos sonhos! Ando até mesmo me lembrando de coisas através dos sonhos (tais como vozes de pessoas das quais eu já nem me lembrava mais)... acho que é o clima! Tá tudo tão "windy", e esse clima me faz muitíssimo bem.
Na escola ando me dando muito bem com as pessoas, como nunca aconteceu antes! Ando tão aberto, expontâneo e de bom humor.


Hoje eu simplismente acordei, me arrumei e fui pra escola. Fiz o simulado e acho que não fui bem não, mas enfim. Depois tive aula normal... vim pra casa, asissti "Tropa de Elite" com meus pais e saco! Que droga esse tipo de filme! Não tem conclusão nenhuma e ainda sim meche muuuuuuito comigo! Além do mais é algo que simplismente não se dá pra ignorar, muito menos se concluir sobre, ou seja, fica um tempããão preso na minha cabeça. É uma tortura...

Tô com tantos desejos... mas acho que não quero realizá-los agora; quero merecê-los! Quero fazer algo de bom... quero aprender/crescer, sei lá!

Ahhhh, quase me esquecendo: I'm glad for i'm gay!

segunda-feira, 15 de outubro de 2007

Fim de fim (de semana) :)


Ando tão preguiçoso... porém feliz!
Amanhã tenho simulado.
Fiz nada hoje. Ontem fiz nada também. Sábado fui no Santa, dancei na pump e jantei no Lanchão do japa com meu pai. Sexta jantei no Mirai com meu pai.
Consegui tirar a música "Svefn-g-englar" no violão, eu acho.

sábado, 13 de outubro de 2007

Október

Ai, qualquer coisa! Que vergonha é eu não saber mais como falar sobre a vida. Acho que a cobrança que eu criei sobre mim tornou a vida muito comentável, porém a cobrança ainda não me permite que eu o faça (comente): por temer más interpretações, e por mais tarde não correr o risco de ter que aturar o regresso.
Mas enfim; acho que finalmente quebrei mais algumas barreiras dentro de mim nestes últimos dias: as músicas se tornaram mais emocionantes, me tornei mais educado e disposto, estou considerando mais beleza às coisas... e acho que estou reaprendendo a amar.

É, é isso: estou reaprendendo a amar (ou não).

Pffff!

sexta-feira, 12 de outubro de 2007

Alergia a cloro

Fui no Groselha e foi ótimo! Lá encontrei com a Ana Laura, com a Jéssica, com a Ana Clara e com a Juck. Danceeei, rí com elas, roubei bebida de um semi-japonês em coma, danceeeei e fui embora. Daí dormi, acordei, vim no pc, nadei, tirei fotos e fim.

quinta-feira, 11 de outubro de 2007

Thursday, weird thursday

Nulo; Groselha hoje. Acordei, tive aula de teclado, dormi, e esperei.

Ai, vou falar: sinto-me MUITO estranho. Quando falo sobre isso com alguém, tenho sempre a impressão de que as pessoas pensam coisas tipo "ah, é falta de se relacionar com alguém", mas NÃO! DE-FI-NI-TI-VA-MEN-TE não é isso... é uma espécie de solidão, apesar das pesosas não me faltarem. Ando me relacionando com todo mundo que eu quis e não quis, e tô me sentindo mal por isso! É, me sinto sujo!

Minha imagem está muito exposta. Eu querendo ou não, muitas pessoas que nem me conhecem direito já me odeiam. Me sinto podre por ter me metido nisso tudo. Eu sei que em parte mereço, pois não sou simpático nem sociável, mas PORRA, tenham no mínimo educação, né? Cansei. Agora eu vou pro Groselha e lá vai estar uma pá de gente que eu vou tratar muito mal... é inevitável! Nojento até!

Acho que estou louco... e eu estou com medo, confesso... já sei! Hoje vou fazer uma experiência! Serei suuuper doce e agradável com todo mundo. Que se foda a sinceridade!

Ânimo.

quarta-feira, 10 de outubro de 2007

Wénzdzei, loathsome wénzdzei

O dia foi ótimo apesar de eu ter perdido minha aula de inglês, ter chegado atrazado na escola, não ter prestado atenção na aula e ter aturado um ato nojento de falta de personalidade em pleno Santa Úrsula!

Amanhã irei ao Groselha, ou melhor, acho né, já que meu pai tá tããão legal comigo... mas enfim, já comprei meu convite.

Aconteceu algo hoje que eu quero, siceramente, do âmago do meu ser, esquecer.

terça-feira, 9 de outubro de 2007

Wo zhao Bi-Ni-Xiu-Si

É tempo de abstrair-se novamente, so that I wanna learn Chinese; it's easy japanese!

domingo, 7 de outubro de 2007

I'm happy; hope you're happy too!

Nooooossa meu domingo foi muuuito legal! Fui pra Brodowsky, fiz oque tinha que fazer, fui pro COC e ganhamos prêmio pelo figurino e voto popular no Festival de Teatro COC. Tô feliz!

sábado, 6 de outubro de 2007

First October's weekend


Droga! Perdi a hora e portanto perdi direito ao post do dia 6 de Outubro, e por isso postarei neste post sobre o dia 6 de Outubro seguido do dia 7.


6 de Outubro de 2007


Acordei tarde, fui pro Santa, encontrei amigos, dancei na pump, fui na casa do Hyoga (quem nem conheço direito), dei beijo técnico na Lucy (que ganhou um livro de 60 reais por ficar com um menino), rí um pouco e vim embora com meu pai.
Resumindo: tive um sábado memorável!


7 de Outubro de 2007


Pretendo ir para Brodowsky hoje, mas também preciso ir ao COC, pois será realizada a premiação do Festival de teatro COC, e meus amigos do teatro contam com a minha presença, além de estarmos com uma boa chance de ganhar... mas também meus amigos de Brodowsky realmente precisam de mim... Oh God, help me!
Foto: minha perna na casa do Hyoga.

sexta-feira, 5 de outubro de 2007

Fráidzei


Nada de extraordinário a comentar sobre o dia de hoje.

quinta-feira, 4 de outubro de 2007

Festifal de Teatro COC / 7CT - A Bela Adormecida :D

A cada dia que passa, as coisas melhoram mais e mais! Hoje a sucessão de coisas boas foi esmagadora; vejam só:

1° - Acordei bem.
2° - Minha mãe deixou eu ir dormindo no banco de trás do carro ao longo do percurso até a escola.
3° - Cheguei lá às 8:00 da manhã para fazer a prova de recuperação de biologia e matemática, e fui bem eu acho; eu sabia tudo! E tem mais! Eu fui o primeiro a perceber que haviam erros nos testes de biologia (haviam colocado questões do segundo ano), e eles as corrigiram.
4° - Não tive aula de teclado, e fiquei a manhã toda tomando café da manhã, tocando violão, dormindo e tomando banho.
5° - Cheguei atrazado na escola, porém ví alguém que eu queria ver... só ver!
6° - A primeira aula foi de química (amo química). O professor comentou sobre um livro de química muito bom que ele tem na aula, e no recreio eu fui lá ver o tal livro com ele. O livro era em inglês e eu entendi a linguagem técnica do livro. Após dar uma lidinha fiquei com várias dúvidas que ele aparentemente esclareceu com prazer, e ainda disse: esse é um QUÍMICO que eu vou adorar influenciar!!! ( além de me chamar de químico, diz que quer me influenciar! OMG!!! ). Na segunda aula, fomos à uma salinha com a Jussara (coordenadora de eventos) tirar fotos de recordação. Consegui dispensa para sair da escola na hora do recreio, e fui para as Faculdades COC, onde encontrei o povo do meu teatro; tudo muito lindo!
7° - Fui pra casa de uma amiga pegar fotos no pc dela e pôr em um CD para que fizessemos o vídeo da nossa peça. Foi um pouco extressante esperar pela carona, mas deu tudo certo e foi legal.
8° - Fiz o vídeo da nossa peça com ajuda de um carinha lá do COC. Deu quaaase 100% certo.
9° - Meus colegas apresentaram a peça e foi liiiiindo!!! Eu controlei o som com a ajuda da Fabi (nossa professora de teatro) e assisti tudinho lá de cima no "camarim" de sons, ou sejá lá como eles chamam aquele lugarzinho.
10° - Uma amiga que eu não via há tempos estava lá e assistiu à nossa peça, disse que foi a melhor e que ela votou em nós.
11° - O grupo estava todo unido, oque me deixou muito feliz.
12° - Foi entregue a P2 com seu respectivo gabarito, e eu só errei 3 questões.

quarta-feira, 3 de outubro de 2007

Uééénzdei


Poxa, que dia legal! Pra começar eu acordei bem, meu cabelo estava bom, cheguei na hora na escola e a aula de inglês foi tranqüilinha. As aulas normais foram... normais, apesar deu sentir que havia algo de diferente no ar... algo bom! Depois que eu saí da escola eu fui para a feira do livro, onde joguei um joguinho sobre Harry Potter em inglês com a melhor professora de inglês do mundo (simmm, a Elaine!), e conheci ao vivo um amigo da net, que por sinal é bem legal. Eu e ele fomos até Santa Úrsula onde encontramos alguns otakus, e fugimos dos emos pelo elevador de serviço. Voltamos para a feira, vimos mais pessoas e fomos embora.
OMG, amanhã é minha peça do teatro; can't waiiiit. Espero que ocorra tudo perrrrfeito!
Na foto, a Mega Sena que estava tendo na feira.

terça-feira, 2 de outubro de 2007

Tuesday boring tuesday

Hoje tive a prova de física e acho que não fui mal, pois pela primeira vez no ano eu estudei.

segunda-feira, 1 de outubro de 2007

Mãndzei

Não acordei bem hoje. Sucumbi no PC ontem até as 3:00am aproximadamente, e acabei por conhecer melhor umas certas pessoas (ou seja, passei a gostar menos delas), oque foi, na situação em que eu me encontrava, POTENCIALMENTE broxante em TODOS os sentidos. Enfim, como já tenho PHD nesse tipo de situação, digeri tudo bem rapidinho (oque me tomou tempo até a chegada da versão corrigida do meu boletim, oque será comentado em seguida).
Hoje na escola a versão corrigida do meu boletim me foi entregue (já que haviam entregue versões cheias de erros e notas alteradas aos alunos este bimestre), e por milagre não fiquei em física, oque era fato até então. Salvou meu dia
Amanha? Prova de física! Vou estudar; HAHAHAHAHAHAHA (é pra rir mesmo!).

domingo, 30 de setembro de 2007


Hoje eu acordei cedo, me arrumei muito mal, entrei no carro com meu pai, minha mãe, meu irmão e minha avó e partimos todos juntos rumo a Holambra. Dormi a viajem inteirinha, e ao chegar lá, ví um super moinho na entrada da cidade, e lá havia também uma plaquinha dizendo "Aqui está sendo contruido o maior moinho da América Latina". Haviam também muuuitas flores, casinhas, lojinhas e tal, e após passearmos um pouco de carro pela cidade, fomos a uma loja de plantas onde tirei vááárias fotos e meu pai comprou algumas plantas incluindo um bonsai. Ao sair da loja, fomos à uma outra lojinha de um dono holandês, e lá experimentei os famosos tamancos holandeses, e depois fomos almoçar em um pub onde serviam comida típica holandesa; lá comemos purê de maçã, batata, salsichões e apfelstrudels e eu amei. Depois fomos embora.

sábado, 29 de setembro de 2007

Sunny saturday

Hoje eu perdi minha prova de recuperação no COC; vivaaaaaa! Daí eu fui pro Santa Úrsula, dancei muuuito na Pump, encontrei o Murilo, e fiz amiguinhos otakus na Pump.
Agora estou indo a um casamento. Espero que tenha coisinhas gostosas de se comer lá, mas eu duvido que tenha, porque conheço os noivos e não acho que eles bancariam comidinhas gostosas... ai, que feio pensar assim.
Enfim, a esperança é a última que morre.

sexta-feira, 28 de setembro de 2007

Starting once again from the middle of it: the very first one.


Criei!



Tô sozinho em casa. Janela aberta, tempo chuvoso, sexta feira. Como é bom me encontrar neste cenário acompanhado da sensação de "novo" pelo fato de o tempo ter mudado a tão pouco, por amanhã ser sábado e por eu ter acabado de criar este blog. Tenho tanto a dizer, a comentar, a compor e a copiar, mas ainda sim não me permito que o faça de acordo com o ímpeto que me dirige no momento... não quero nada de qualquer jeito; quero me orgulhar do que eu escrever. Estou cansado de ao ler as coisas escritas por mim no passado só concluir que eu "melhorei". Quero ter a conciência concreta de já ter sido bom, pois só assim me sentirei estável em relação a isso, creio eu.

Quem ler isto pode pensar "poxa, que baixa estima!", mas não, não é este o caso. Não há conflito. Eu sei lá viu... sou bem confuso sim, mas estou feliz, sinto-me bem... é isso...


Bom, hoje. Hoje eu fui à escola, apresentei meu seminário de química e acredito não ter me dado tão bem quanto esperado, e só acertei 3 testes entre 12 ná última prova. Estou indo mal!

Me sinto ultimamente um tanto eufórico; são tantas as coisas boas, mas as desagradáveis, por menos que possam ser, parecem subtraí-las, e ainda são tantos os afazeres dentro da minha mente que acabo por não ter tempo ou atenção suficiente para administrá-los ponderadamente (ou ao menos consideravelmente!) entre os afazeres terrenos, e é isso tudo que eu penso estar contribuindo para essa minha "decadência" na escola. Oque fazer? Hahaha, não sei (e tenho até medo de saber... bléh!).
Depois da escola fui ao shopping, e lá encontrei uma amiga que eu não via há um bom tempo. Conversamos, rimos, etc; até parece que nunca houveram aquelas desavensas de sempre (que em sumo foram/são apenas virtuais, já que de fato é de praxe que sempre nos demos bem ao vivo). É um tal de:

-"Fulano disse que você disse tal coisa de fulano, e fulano portanto disse tal coisa de você"

-"Mas eu não disse nada sobre fulano, e isso que fulano disse não condiz com a verdade! Esse fulano é um %#¨$%&¨$&!!!"

-"Não concordo, já que fulano fez tal coisa pra mim. Fulano é tão bonsinho! Tome cuidado com fulano que ele fara tal coisa a você! Fique esperto!"


-"Há! Todos nós sabemos que fulano não é capaz de nada disso, e tome cuidado VOCÊ com fulano; ele não é uma boa pessoa, e quando ele f**** com você, não diga que não avisei! Agora chega, não quero mais discutir sobre fulano com você!"


-"Ah... você tá tão legal hoje!"


...fulaninhosss!


Agora do que mais preciso é de dinheiro, e paciência. Ah sim! E preciso estudar.

Ó Deus, dê-me paciência para estudar, please. I really need it!